dcsimg Os detalhes que fazem a diferença no consultório - Bayer Vet | Bayer
Você está em: Skip Navigation Links Home > Gestão de Carreiras >

Os detalhes que fazem a diferença no consultório

Os detalhes que fazem a diferença no consultório

Uma sala apertada, sem cor e onde a única distração são revistas velhas. Se você não aguentaria ficar em um ambiente como esse nem por cinco minutos, imagine o seu paciente. Assim como a capacidade técnica do profissional, a relação entre médico e paciente e o atendimento prévio que este paciente recebe, a decoração de um consultório influencia (e muito) na qualidade do serviço oferecido e, por consequência, na imagem que o profissional transmite aos seus clientes.

40m²

Esta é a medida que deve ter a área de uma estrutura mínima para consultórios. Devem conter neste espaço: sala de espera, antessala de consulta e o consultório propriamente dito, onde são feitos os exames.

Sala de espera

Poltronas fixas, ventilação ou renovação de ar adequada e banheiro social são os itens indispensáveis.

Consultório

Biombos ou cortinas devem ser utilizados para isolar este espaço da antessala. O local deve conter uma maca alta para exames e lavabo.

Lavabos

Deve existir lavatório exclusivo para uso da equipe de assistência dentro dos próprios ambientes. Caso exista um sanitário ou banheiro dentro do consultório/sala, fica dispensada a existência de lavatório extra.

Iluminação

Nos consultórios e salas de exames, a iluminação adequada é aquela que não altera a cor da pele do paciente. Por isso, a preferência é por lâmpadas fluorescentes, que não interferem nos exames.

Circulação de pessoas

Privacidade é a palavra mais importante. Por exemplo: quando a atendente for deixar uma ficha para o médico, ela não deve ter acesso ao que está acontecendo na sala de exames. Ou seja, o profissional tem que garantir total privacidade para o paciente, principalmente durante a realização de um exame.

Portadores de deficiência

Piso podátil é de grande auxílio aos deficientes visuais, pois os possibilita identificar através do tato que estão pisando em uma superfície diferente. Outra adaptação do consultório é possuir um banheiro amplo e com barras na parede para auxiliar a locomoção de cadeirantes.

Cores

Deixar o ambiente acolhedor é a função das cores no consultório. É preciso cuidado para que o seu uso indiscriminado não acabe desagradando aos pacientes.

Pisos

Pisos de fácil manutenção e boa durabilidade são os mais indicados. Estas características são essenciais, pois evitam a realização de obras no futuro. Um piso de tonalidade clara, que permite ser facilmente identificado como limpo, é o ideal. Materiais indicados: pisos de cerâmica, porcelanato e madeira.

Paredes

Manutenção, durabilidade e limpeza continuam sendo os critérios fundamentais. Os três tipos de revestimento mais utilizados no ambiente médico são: tinta, papel de parede e madeira.


Móveis

Conforto é a palavra-chave na hora de escolher os móveis do consultório. Se você atende idosos, não escolha sofás com altura baixa. Em consultórios menores, opte por móveis com tamanhos condizentes com o ambiente.

Outros detalhes

Um consultório com uma decoração bonita e aconchegante pode dar mais sensação de conforto e segurança ao paciente. Quadros são excelentes para causar essa sensação de conforto e segurança. Outra ideia para dar mais charme ao consultório é colocar um espelho na recepção.

Distração

Televisões e revistas são sempre bons artifícios para manter o paciente descontraído durante a espera pela consulta. Porém, mantenha as revistas sempre em dia e tenha cuidado com o canal e o volume da TV para não perturbar em vez de distrair.

As opiniões emitidas nesta publicação são de seus atores e não refletem necessariamente as opiniões e recomendações da Bayer.
< Voltar ao índice

Última Atualização: 2016

Bookmark this page

Copyright © Bayer AG

Este site é exclusivo para Profissionais de saúde